Capitalismo e Liberdade

Milton Friedman
  • Formato(s) de venda: livro e-book
  • Tradução: Ligia Filgueiras
  • Páginas: 320
  • Gênero:
  • Formato: 14 x 21 x 1,5 cm
  • Lançamento: 03/03/2023

Como podemos nos beneficiar das promessas do governo e ao mesmo tempo evitar a ameaça que um Estado forte representa para as liberdades individuais? E qual é o papel do governo em uma sociedade livre, que depende principalmente do mercado para organizar a atividade econômica?

Nesta obra clássica, Milton Friedman apresenta o tratado definitivo de sua influente filosofia econômica. Seu principal objetivo é analisar o papel do capitalismo competitivo, que, segundo ele, é condição necessária para a liberdade política. Por isso, Friedman investigou extensivamente os padrões de consumo, a história e a teoria monetária, bem como a complexidade das políticas de estabilização.

Publicado pela primeira vez em 1962, Capitalismo e liberdade se tornou uma referência: a edição original vendeu quase um milhão de cópias, foi traduzida em dezenove idiomas e continua sendo um modelo fundamental para o liberalismo e para aqueles que veem a liberdade econômica como condição essencial para a liberdade política. A nova edição da Intrínseca inclui os prefácios escritos pelo autor para as reedições de 1982 e 2002, assim como apresentação de Binyamin Appelbaum, principal redator de economia do conselho editorial do The New York Times.

Leia mais no BLOG

Milton Friedman

Milton Friedman

Milton Friedman (1912-2006) recebeu o Prêmio Nobel de Economia em 1976 e é considerado um dos pensadores econômicos mais relevantes da história. Foi o principal fundador do que ficou conhecido como Escola de Chicago de pensamento econômico e um dos maiores defensores globais da importância dos mercados livres. Rose D. Friedman (1910-2009) estudou no Reed College e depois se transferiu para a Universidade de Chicago, onde se formou em Filosofia e conheceu Milton Friedman. Casaram-se em 1938 e juntos fundaram a Fundação Milton e Rose D. Friedman.